fbpx
Curtas com inimigos imaginários

Curtas com inimigos imaginários

Esta é uma sessão bem maluquinha. Nela, os inimigos imaginários são múltiplos: o fantasma de uma ex, os indígenas, um povo inimigo, os periféricos, os negros. Cada filme se conecta a outro de uma maneira singular: pela voz off, por um dispositivo de linguagem, pelo tema, por sua origem. Podemos entender a provocação do título como uma chave para cada uma dessas obras, mas essa chave abre portas bem distintas, propondo ao espectador um passeio por inventivos filmes do cinema de curta-metragem contemporâneo brasileiro realizados e protagonizados por uma pluralidade de vozes.

Rita Carelli, curadora

Fantasmas

O Fantasma da ex.

Classificação Indicativa: 16 anos Duração: 11 minutos

Cordilheira de Amora II

Uma índia Guarani Kaiowá, Cariane Martines de 9 anos, transforma seu quintal num experimento do mundo. Ela cria histórias e personagens que alargam sua solidão em brincadeiras, sonhos e projetos. ``Cordilheira de Amora II`` é um documentário espontâneo, filmado com celular na Aldeia Amambai, no Mato Grosso do Sul, fronteira do Brasil com o Paraguai.

Classificação Indicativa: Livre Duração: 12 minutos

Prîara Jõ, Depois do Ovo a Guerra

As crianças Panará apresentam seu universo em dia de brincadeira na aldeia. O tempo da guerra acabou, mas ainda continua vivo no imaginário das crianças.

Classificação Indicativa: Livre Duração: 15 minutos

Filme hospedado originalmente na isuma.tv 

Deslocamentos, paraíso e caos

``Os Aviões voltaram a tomar conta do céu. Mas como a gente chegou até aqui?``

Classificação Indicativa: Livre Duração: 8 minutos

Val e suas duas filhas vivem em uma casa de 16 metros quadrados. Certa madrugada, mãe e filhas são subitamente acordadas com palmas e alguém chamando por Val no portão. A voz é de Neném Preto, amigo de Val e dono do mercadinho... Mãe de família, ela hesita, mas acaba cedendo

Classificação Indicativa: Livre Duração: 17 minutos

  • Atriz, diretora e escritora. Atuou em longas-metragens como “Permanência”, de Leonardo Lacca, “Abaixo a Gravidade”, de Edgard Navarro, “A Morte Habita a Noite”, de Eduardo Morotó e em curtas-metragens como "Décimo Segundo", também de Leonardo Lacca. Foi contemplada com prêmios de atuação em diversos festivais de cinema do Brasil. Coordenou a coleção infantil de livros-filmes "Um Dia na Aldeia", realizados por diversos cineastas indígenas em parceria com a ONG Vídeo nas Aldeias. Também dirigiu e roteirizou os curtas-metragens “Hospedeira”, “A Era de Lareokotô” e “Yaõkwá, arquivo e memória”, este em parceria com Vincent Carelli. Formou-se pela Escola Internacional de Teatro Jacques Lecoq.

    Faça sua busca por aqui

    Pressione enter para realizar a busca ou ESC para sair

    Ao fazer seu login, você concorda com nossos termos e condições e nossa política de  privacidade.

    Ao criar sua conta no Curtaflix, você concorda com nossos termos e condições e nossa política de  privacidade.

    Todos os direitos Reservados 2021. Curtaflix